20

Aug

10

O retorno

Ontem foi um dia especial: depois de 19 anos da minha graduação (e de uma tentativa de mestrado pelo meio, que abandonei por não ter nada a ver comigo), retornei aos bancos escolares da universidade. Estou cursando uma disciplina isolada sobre cinema na pós-graduação da literatura da UFSC. Como comentei ontem pra uns amigos no Facebook, não digo que esses 19 anos tenham sido perda de tempo. Foram o tempo de outras coisas. Agora é bom voltar – no momento em que tinha de ser. Sem pressão de canudo, só prazer de descoberta, de se aplicar um pouco mais em leituras focadas. De descobrir gentes, encontrar ideias e me reencontrar. A disciplina tem como pontos centrais o roteiro e a adaptação literária para o cinema. Com certeza vai ser de utilidade pra mim do ponto de vista profissional, mas o que mais me interessa mesmo são as “inutilidades” :) A ler/reler/ver/rever: Machado de Assis, Poe, Bergman, Resnais, Bakhtin, Benjamin, Truffaut..

Bookmark and Share


5 Responses:

  1. Em 10/09/10, 00:13, Aleph Ozuas disse:

    Ora vejam só, então eu estava certo. Estou fazendo doutorado em teoria literária e pensei ter visto você hoje por lá. Agora está confirmado. Um abraço e boas aulas ;)

  2. Em 23/08/10, 16:04, Henrique Finco disse:

    É isto, Dauro. Bom proveito e um abraço.

  3. Em 20/08/10, 22:14, Juliana disse:

    Oi Dauro, tudo bem?
    Aqui é a Juliana, que morava no Rio e trabalhou com a Laura na Inteligens (!).
    Estava passando por aqui, para entrar em contato com vocês. Em outubro, vou até Florianópolis participar de um congresso e gostaria muito de revê-los.
    Estamos morando em Salvador. Veja que coincidência: o Guilherme, meu marido, agora é professor de dramaturgia e narrativas audiovisuais da faculdade de cinema da UFRB, uma universidade nova na cidade de Cachoeira, perto aqui de Salvador. E o curso que ele está dando neste semestre é justamente sobre roteiro e adaptação para o cinema. Bom retorno à universidade! Aproveite!
    Abraços para vocês,
    Juliana

  4. Em 20/08/10, 16:43, Dauro Veras disse:

    Tem o tempo certo pra tudo, Fabrício. E ninguém, além de você mesmo, sabe qual é o SEU tempo certo.

  5. Em 20/08/10, 15:32, Fabricio disse:

    Pô, legal, Dauritos, parabéns! Tava te falando dia desses que eu tava com essa intenção também, né? Pois é, mas em função de outras circuntâncias aqui, tive que adiar. Fiquei frustrado, mas é assim… teu post até me ajudou nisso, me sossegou: talvez não fosse a hora do meu retorno. Que, quando se der, vai ser no mesmo estilo que o teu: sem pressão, muito mais pelo prazer, pelas leituras. Quem sabe ano que vem.


Comentar: