14

Nov

07

Biojóias do cerrado

A amiga Adriane Adratt, catarina que mora em Brasília, acaba de inaugurar uma “loxinha” virtual pra vender suas biojóias. O maridão Botelho, assessor para assuntos aleatórios deste blog no planalto central, torce pro negócio decolar, pra ele passar o dia jogando conversa fora no circuito Coloninha-Senadinho-Bar do Arante:

Tu não sabe as histórias de cada peça. Vou escrever um livro. É pedra de Cristalina-GO, capim dourado do Jalapão-TO, açaí da Amazônia…

http://www.yasaibiojoias.com

p.s.: yasai é açaí em tupi-guarani.

Bookmark and Share


One Response:

  1. Em 15/11/07, 01:09, Carol Grilo disse:

    eu me lembro deles! ;] vou ver a loxxxinha!


Comentar: