20

Apr

08

Os paparazzi do espaço

Você gosta de pegar sol bem à vontade no quintal de casa? Alguém lá do alto pode estar bisbilhotando sua intimidade. Fotos captadas por satélite e exibidas pelo Google Earth mostram tudo, embora sem detalhes tão nítidos quanto o das revistas com fofocas de celebridades. Em Haia, na Holanda, onde o hábito de se bronzear em pêlo é bem difundido, fizeram até um ranking das dez melhores cenas. Esta imagem, também da Holanda, mostra duas pessoas nuas deitadas bem juntinhas num terraço. Ao que parece estão se divertindo bastante.

Matéria da Folha de SP diz que, segundo especialistas, o Google viola a privacidade das pessoas ao exibir esses flagras. Pode-se até entrar com ação na justiça exigindo a retirada das imagens. Ou pedir indenização por danos morais, com valores que ficariam entre R$ 70 mil e R$ 100 mil. Agora peço licença, vou ali no quintal ficar peladão e posar pros satélites (brincadeira; tá friozim e chove há horas aqui na Ilha :) )

p.s.: Curiosidade etimológica: a palavra paparazzo teve origem em 1960 com filme La Dolce Vita, de Federico Fellini (adoro). Um dos personagens, fotojornalista de celebridades, tinha esse nome. Consta que o termo quer dizer mosquito em um dialeto italiano. O diretor batizou o fotógrafo ao lembrar que, na infância, tinha um colega com esse apelido porque falava demais e se movia o tempo todo.

p.s. 2: Wim Wenders fez um filme interessante e perturbador – não lembro o nome agora, alguém ajuda? – que conta a história de uma arma terrível: um satélite que monitora as pessoas e pode matá-las disparando um tiro ou raio lá do espaço.

p.s.3: E por falar em Google Earth – um dos meus softwares favoritos -, saiu há poucos dias a versão 4.3. Agora, a exemplo do que já ocorria no Google Maps, dá pra ver imagens de vários centros urbanos no nível das ruas. O menu de navegação foi remodelado e eles adicionaram um recurso bem interessante que permite ver a iluminação do sol sobre o planeta em diferentes horários do dia.

Bookmark and Share


Não há comentários.


Comentar: