Posts de 2011

28

Nov

11

Petroleiras buscam executivos

Materinha minha no Valor Econômico de sexta-feira sobre as boas perspectivas para executivos na indústria de óleo e gás, por conta do cenário econômico favorável, da demanda aquecida e da baixa oferta de profissionais qualificados.

Bookmark and Share


27

Nov

11

Proposta pros fins de semana

Ontem Miguel veio com uma reivindicação infantil pros fins de semana:

- Vamos combinar? No sábado vocês escolhem o programa e a gente vai junto. No domingo a gente escolhe.

- Essa proposta tá me parecendo uma miguelice.

- Se eu fosse o presidente, ia ser lei.

Bookmark and Share


25

Nov

11

Hey Jude passo a passo

Genial. Não sei o autor, se souberem me digam. Compartilhado pela Márcia Fernandes no Facebook.

Bookmark and Share


23

Nov

11

Mãos de Césio

Recebi de Heitor Scalambrini Costa e compartilho.

‘Mãos de Césio’ em Recife – Exposição Fotográfica sobre o maior acidente nuclear ocorrido no Brasil

“Mãos de Césio” é uma Exposição Fotográfica sobre o maior acidente nuclear ocorrido no Brasil, o acidente radiológico de Goiânia, conhecido como o acidente com o Césio 137.

Um prédio do Instituto Goiano de Radioterapia destruído e abandonado com um aparelho de radioterapia desativado dentro foi a causa deste “Chernobyl do Brasil”, que foi classificado como nível 5 na Escala Internacional de Acidentes Nucleares. Um aparelho construído nos anos 1950 para tratar câncer virou uma bomba radioativa, quando dois catadores de ferro velho, sem conhecimento do perigo, tiraram este aparelho com quase 20 gramas da substância radioativa, o Césio 137. Assim começou uma reação em cadeia que afetou e destruiu a vida de centenas de pessoas. A parte afetada do corpo mais visível foram as mãos, porque com elas foram feitos os primeiros contatos com este elemento altamente radioativo.

A Exposição sera mostrada no saguão de entrada do IFPE – Instituto Federal de Pernambuco (Cidade Universitária-Recife), durante o Workshop de Segurança do Trabalho que ocorrerá de 24 a 25 de novembro, uma homenagem aos centenas de trabalhadores civis e militares que ajudaram as primeiras vítimas e “limparam” este Chernobyl do Brasil em um ato heróico. Estes trabalhadores, enfermeiras, médicos, bombeiros, policiais militares, pedreiros e motoristas, em muitos casos também perderam a sua saúde e suas vidas por causa da radioatividade do Césio, chamado de o brilho da morte.

Maiores informações: Prof. Robson (IFPE): 8710-0572

Bookmark and Share


20

Nov

11

28 filmes sobre jornalismo

Estou fazendo um delicioso curso de extensão na UFSC com o professor Francisco Karam: Jornalismo, Jornalistas e Cinema: representações. Durante seis encontros, vamos conversar sobre dezenas de filmes em que a profissão de jornalista é retratada, às vezes de maneira exagerada ou caricata – com seus dilemas éticos, aventuras e tragédias, glamour, decadência, bebedeiras, manipulações, idealismos. Só o tema já valeria o curso. E quando temos um professor do quilate do Karam pra mediar essa exploração, tudo fica ainda mais interessante.

Boa parte das obras que ele cita estão nesta lista do ObjEthos, com mais de cem filmes sobre jornalismo. A maioria é acompanhada de resenhas. Desses cento e tantos, vi 27 – a vida é curta pra tanto filme bom. Aproveito pra compartilhar esta minha lista, que tem um bonus track de Fellini. A ordem da lista é aleatória e irrelevante. Recomendo todos. Os que estiverem em negrito são recomendações especiais.

  1. A montanha dos sete abutres (Ace in the Hole, EUA, 1951, Billy Wilder). Um clássico do cinema, com a magistral interpretação de Kirk Douglas como jornalista inescrupuloso que prolonga uma tragédia pra vender mais jornal.
  2. Boa noite e boa sorte
  3. Capote
  4. Cidadão Kane (Citizen Kane, EUA, 1941, Orson Welles). Pra muitos, o melhor filme já feito. Não sei se chega a isso, mas vale conferir, sem dúvida.
  5. Diamantes de sangue
  6. Frost-Nixon
  7. Herói por acidente
  8. Intrigas de Estado
  9. Leões e cordeiros
  10. Medo e delírio
  11. O americano tranquilo (The Quiet American, EUA, 2002, de Philip Noyce, com Michael Caine). Belo filme ambientado no Vietnã durante a Guerra Fria, é a segunda adaptação do romance de Graham Greene.
  12. O diabo veste Prada
  13. O dossiê Pelicano
  14. O informante
  15. O povo vs. Larry Flint
  16. O show de Truman (The Truman Show, EUA, 1998, Peter Weir), sobre um homem que vive em um reality show sem saber. Com Jim Carrey, quase sem caretas.
  17. Os gritos do silêncio (The Killing Fields, Inglaterra, 1984, Roland Joffé). Amizade entre dois repórteres durante o conflito do Camboja.
  18. Profissão: repórter (The Passenger, 1975, Michelangelo Antonioni). Questionamento sobre o tédio existencial, a verdade e o papel da imprensa. O protagonista é o grande Jack Nicholson.
  19. Quase famosos
  20. Quizz Show
  21. Salvador, o martírio de um povo (1981, EUA, Oliver Stone). Filmaço sobre a cobertura do conflito de El Savador, com o grande ator James Woods.
  22. Sob fogo cerrado
  23. Talk Radio – Verdades que matam (Talk Radio, EUA, 1988, Oliver Stone). A polêmica levada ao extremo num programa de rádio. Muito bom. O curioso é que ele foi quase todo filmado em um estúdio e mesmo assim mantém o pique até o fim.
  24. Terra de ninguém
  25. Todos os homens do presidente (1976, EUA, Alan J. Pakula). Clássico sobre a investigação do escândalo de Watergate pelos dois repórteres do Washington Post, em excelente interpretação de Robert Redford e Dustin Hoffmann.
  26. Tropa de Elite 2
  27. Um grito de liberdade
  28. A doce vida (1960, Federico Fellini). Clássico, must-see. O repórter interpretado pelo genial Marcello Mastroianni ganha a vida cobrindo celebridades. O personagem do fotógrafo deu origem ao termo “papparazzi”.

Bookmark and Share


20

Nov

11

Presentinho

Miguel fez 9 anos há uma semana. Quando perguntei o que queria de presente de aniversário, ele disse: “Uma viagem. Pela Transiberiana”.

Falei que vou pensar no caso, quando ele tiver 21. Mas tem que me levar junto.

Bookmark and Share


20

Nov

11

Verticais de negócios

A edição de novembro da revista Você S/A traz, com o título “Floripa high tech”, o texto condensado de uma reportagem que fiz sobre as verticais de negócios, um modelo inovador de associativismo adotado pelas empresas de T.I. de Florianópolis. Leia aqui no blog a íntegra do texto.

Bookmark and Share


18

Nov

11

Mídia, inovação e cidadania

Compartilho.

- 16 de novembro de 2011 – Outras Palavras/Le Monde Diplomatique Brasil

Rede Ashoka e Google premiam onze projetos que permitem aos cidadãos apropriar-se da tecnologia e se comunicar sem intermediários

Por Leonardo Sakamoto, em seu blog

A Ashoka, que apóia empreendedores sociais em todo o mundo, lançou, com o apoio do Google, um desafio para dar visibilidade a inovações que empreguem o poder da mídia para estimular a cidadania. O “Midia Cidadã: Um Desafio Global para a Inovação” recebeu 426 propostas de 75 países, das quais 11 foram escolhidas para serem votadas pelo público.

“Mesmo nesta época de proliferação da mídia, milhões de pessoas continuam sendo marginalizadas por barreiras políticas e econômicas, que impedem que elas acessem ferramentas básicas de informação, privando-as de conhecimentos e conexões valiosas e privando o resto do mundo de suas vozes”, afirma o site da iniciativa.

Entre os objetivos está garantir que populações desprivilegiadas e vulneráveis tenham acesso a canais de mídia para fazer fluir sua voz, mas também equipar jornalistas com ferramentas para que possam relatar notícias que, por pressão política ou econômica, se perderiam. O que inclui formas de aprofundar a proteção à liberdade de expressão e à privacidade e de garantir sustentabilidade financeira à produção independente de notícias.

Trago a lista dos 11 finalistas para que vocês conheçam e votem. Vale a pena dar uma navegada por eles. São boas idéias, algumas das quais já possuem similares no Brasil, e podem ser replicadas. Parte do conteúdo está em português e parte em inglês.

Projeto Serval – Comunicação em qualquer lugar, a qualquer hora – Austrália. Com o projeto Serval, os celulares trabalham onde não há infra-estrutura, na ocorrência de disastres e sem o apoio do governo – apenas com o uso do número do celular;

CrowdVoice.org – Rastreando Vozes de Protesto – Bahrain. CrowdVoice oferece um novo olhar, uma nova forma de compartilhar, moderar e organizar informações sobre movimentos e protestos no campo dos direitos humanos;

Jornalismo Global Participativo com FrontlineSMS – Reino Unido. Graças ao FrontlineSMS formou-se uma rede global de usuários e apoiadores com uma sólida reputação em integração móvel;

FreedomBox: Sistema três em um: privado, anônimo e de comunicação segura – EUA. Configuração mínima e alta privacidade tecnológica, anonimato, segurança em um computador de baixo consumo energético para usuários não-especialistas;

Superdesk: Traz sala de imprensa digital para organizações independentes de mídia – República Checa. Com o Superdesk, todas as organizações de mídia estão livres para definir suas salas de imprensa e enviar conteúdo para qualquer plataforma, em qualquer lugar e a qualquer hora;

Sala de Imprensa Digital: Para jornalistas e cidadãos do mundo árabe trabalharem juntos – Egito. Tecnologia, tradução e treinamento combinados para ampliar as vozes dos cidadãos do Oriente Médio;

Demotix: Democratizar Notícias – Reino Unido. Demotix é onde acontece a liberdade de expressão, diversidade de mídia e onde fontes futuras notícias se encontram;

5th Pillar – Fortalecer cidadãos no combate à corrupção - Índia. As ferramentas anticorrupção do 5th Pillar capacita todo cidadão a se tornar um “guerreiro combatente” da corrupção;

Uma história verdadeira a cada byte: descubra e compartilhe – Argentina. Todos têm um papel na criação, validação e difusão de uma grande história;

CGNet Swara: Portal de voz para comunidade de mídia – Índia. Portal de voz acessível via telefone que permite participação na democracia por meio da comunicação e diálogo;

Jornalista móvel em cartão SD – EUA. Testa e serve como uma ferramenta de ponta para mídia móvel na comunicação em qualquer ambiente.

Par ver todas as 426 inscrições, incluindo as brasileiras, clique aqui e depois na aba “Inscrições”.

Bookmark and Share


14

Nov

11

Cajueiro

Bookmark and Share


03

Nov

11

ó o Doc Aí de novo

Recebi da Ilka Goldschmidt e compartilho.

A Cinemateca tem o prazer de anunciar, em Florianópolis, a terceira edição da Mostra Nacional de Documentários de Chapecó ó o Doc Aí.

A mostra, que acontece entre os dias 8 e 12 de novembro em Chapecó, é um evento anual e gratuito que visa estimular a participação da população em geral e tornar o gênero acessível. É promovida pela Cinelo – Associação de Cinema e Vídeo de Chapecó e Região.

A Pré Mostra ó o Doc Aí, composta por três dos documentários exibidos na edição anterior (2010), será exibida pela Cinemateca Catarinense em seus dois cineclubes – no Pitangueira dia 1/11 e no Ieda Beck nos dias 03/11 e 04/11, sempre às 20h, em Florianópolis.

A Mostra acontece com o apoio da Travessa Cultural e Casa das Máquinas.


Bookmark and Share